Eucaliptos proibidos na Póvoa de Lanhoso

Todos os anos Portugal luta com os incêndios, tendo sido 2017 um ano infernal.

Para combater esse problema, tentaram desde então a proibição do Eucalipto, devido à facilidade com que arde e por ser uma “praga”.

O concelho da Póvoa de Lanhoso tornou-se pioneiro nesta medida e a partir de hoje, 1 de abril (Dia das Mentiras) e cada proprietário terá de substituir cada exemplar de eucalipto por um exemplar de sobreiro.

Até ao final de agosto espera-se que esta mudança esteja perto dos 100%.

Comentários

Comentários