Homem detido por fogo posto na Póvoa de Lanhoso

 

Na noite passada dois GNR acabados de sair de serviço na Vila do Gerês e ao dirigirem-se para as suas casas, aperceberam-se de dois focos de incêndio e aproximaram-se do local e acionaram os meios de combate ao fogo.

Por existirem fortes indícios de se tratar de fogo posto, os militares percorreram a estrada, onde estavam a deflagrar os incêndios, tendo surpreendido o suspeito em flagrante delito a atear um novo fogo com um isqueiro, pelo que foi detido de imediato. O detido foi presente para o seu primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Póvoa de Lanhoso.

A detenção do homem, de 54 anos, na freguesia de Oliveira, do concelho da Póvoa de Lanhoso, consumou-se assim pelo Comando Territorial de Braga da GNR, através do Posto Territorial do Gerês (Destacamento da Póvoa de Lanhoso), pela prática de um crime de incêndio florestal, na freguesia de Oliveira.

 

 

Comentários

Comentários